Biomecânica do ciclismo

Conheça a Biomecânica do ciclismo

A biomecânica do exercício analisa a mecânica dos tecidos biológicos, de modo que o seu principal objeto de pesquisa é a relação entre o corpo e a física durante a prática de exercícios. Dentro da biomecânica existem subáreas, que incluem reabilitação, construção de próteses e também melhora de rendimento em diversos tipos de atividades competitivas.

No caso do ciclismo, assim como em outros esportes, a biomecânica é essencial para garantir maior segurança, prevenir lesões e ajudar a melhorar o desempenho do ciclista durante uma prova ou mesmo um dia de treino. Fatores como o posicionamento sobre a bicicleta, sobrecargas articulares, técnicas de pedalada, treinamento resistido e equipamentos são levados em consideração.

Com relação ao posicionamento é preciso ressaltar as diversas estratégias que devem ser utilizadas para avaliar qual é o melhor posicionamento do ciclista sobre a bicicleta. Dentro da biomecânica do ciclismo está a eletromiografia, na qual monitora-se a ativação muscular através de sensores que resultam em gráficos que demonstram o quanto o músculo ficou ativo em tempo e intensidade. Há ainda outras análises capazes de proporcionar estratégias eficientes de ganho de rendimento.

Voltar     Home




Deseja marcar uma consulta?

Clique no botão abaixo para ser direcionado para o agendamento.

EU QUERO MARCAR